sexta-feira, agosto 04, 2017

A Dante ALIGHIERI II - Michelangelo Buonarroti Rime – Tradução Eric Ponty



A Dante ALIGHIERI II
Qualquer língua pode falar deve ser dito,
Pois, olhos cegos, esplendor brilhou muito forte;
"É mais fácil culpar daqueles fizeram errado,
Doente soar menos louvor boca de ouro.
Ele a abusou parte dor era afoita,
  Então subi a Deus, instruir almas por canção;
  O céu dos portões optou por sofrer os pés,
  Contra seu desejo, seu país jorrou.
Sem graça eu a chamei, e a sua própria dor
O mal foi com miséria; ao sinal, peguei isso,
  Isso sempre é a melhor causa mais aversão:
Entre mil provas, deixe-se de jazer;
Apesar nunca fosse dita mais torta do que a dele,
O seu igual ou seu melhor nunca brotou.

Quante dirne si de’ non si può dire,
ché troppo agli orbi il suo splendor s’accese;
biasmar si può più ‘l popol che l’offese,
c’al suo men pregio ogni maggior salire.
5 Questo discese a’ merti del fallire
per l’util nostro, e poi a Dio ascese;
e le porte, che ‘l ciel non gli contese,
la patria chiuse al suo giusto desire.
Ingrata, dico, e della suo fortuna
10 a suo danno nutrice; ond’è ben segno
c’a’ più perfetti abonda di più guai.
Fra mille altre ragion sol ha quest’una:
se par non ebbe il suo exilio indegno,
simil uom né maggior non nacque mai.
Michelangelo Buonarroti Rime – Tradução Eric Ponty


Nenhum comentário: